Páginas

sábado, 14 de maio de 2011

A gente vê cada uma...


    Eu não me importo, mas de vez em quando, coisas assim, costumo emitir opniões ou simplesmente falar sobre isso, sei lá. Não bastasse o causo do amigo do meu pai, ainda vêm outras dessas. Normal, acostumei.
    Já aconteceu de estar andando (rodando, né? mas não por muito tempo!) tranquilamente, sempre acompanhada, e vem alguém nos abordar para fazer uma pergunta um tanto...? Sem noção! O bípede pergunta para a pessoa, seja lá qual for, que estiver me acompanhando: "Ela é feliz?".
     E vocês, que estão me lendo? O que acham? Mas é claro que a resposta é: "Ela é sim, não há nada que a impeça de ser". Minha cara, apenas sorrindo por educação para o indivíduo(a). E a pessoa? Depois da resposta faz aquela cara de espanto como se fosse totalmente impossível o fato. Deixa para lá, algumas pessoas não conseguem engolir que pode-se ser feliz até sem ambos os membros. Se eu consigo sorrir, a resposta, qual será? Pois é...

    P.S: Eu até me divirto com esses episódios, me fazem sentir mais viva!

Nenhum comentário:

Postar um comentário