Páginas

quinta-feira, 5 de maio de 2011

"O acaso vai me proteger, enquanto eu andar distraído" ♫ ♪ - Não, por favor. Não quero.


    Tá bom que temos acontecimentos e fatos que parecem nos proteger quando precisamos e quando há coisas que não estão em nossa governabilidade. Isso tem vários nomes: Acaso, destino, às vezes coincidência, convergência*, que seja, prefiro chamar de acaso mesmo.
     O problema, é quando parecemos ter o que queremos bem diante de nossos olhos, e criamos coragem para ir atrás, vem algo que não controlamos, e desmancha tudo. Eu tenho muito, mesmo assim, a agradecer por ser assim, pois muita coisa foi poupada de acontecer, e daí vem aquela frase: "Poderia ter acontecido pior". Bem, o que estou tentando concluir com isso, é que às vezes, é bem mais preferível as coisas acontecerem naturalmente, sem seu percurso alterar-se, a criar expectativas em alguma coisa, que você não sabe nem o que pode acontecer, é uma decisão totalmente cega.
     A verdade é que você nunca sabe se o que está acontecendo, vai tomar outro rumo, ou não. E sabe menos ainda se vai ter o que quer, ou se terá de optar por outras coisas.
     O meu pedido dessa semana, queme surgiu foi esse: 'Acaso, pare de me proteger quando não convém ser protegida'.
      Enfim, eu não sou do tipo que espera cair do céu, só sou medrosa, mas ter medo não significa parar e esperar um milagre. Minha forma de medo significa agir, mas agir me esquivando. E isso tem desvantagens? Acho que como qualquer coisa nesse mundo tem dois lados, um sempre bastante diferente do outro, todos sempre apresentam vantagens e desvantagens. E a desvantagem de escolher algo se esquivando de algo aparentemente assustador, é perder várias oportunidades.
      O óbvio disso tudo? É que cada escolha tem sua renúncia.

  *É, acho que convergências não cabem bem no que eu quis dizer. Já que convergências são nada mais, nada menos que o raciocínio de que nada é por acaso. Tudo o que existe tem uma razão de ser. Agora, mesmo assim, todas as coisas, mesmo tendo razões para serem assim, podem sofrer mutações o tempo todo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário