Páginas

quinta-feira, 16 de junho de 2011

"Alô, moço, tem acesso por aí?"

       Isso acontece muito. A gente tem que ligar para determinado estabelecimento que queira ir, para perguntar se cumpriram ou não com sua obrigação de colocar acessos para cadeirantes e fizeram adaptações necessárias para o bem-estar de todos.
       O pior é passar por alguns lugares há muito tempo, e ver que eles continuam do mesmo jeito. E sempre, sempre temos que ficar na mesma ladainha. Mas esses donos desses tais lugares, parecem ter ouvidos cujos as frases entram em um e saem pelo outro. Nunca fizeram mudanças. E tem um lado bom nisso? Tem, tem um lado bom. Descobri principalmente por aqui, pelas redes sociais, que existem pessoas, organizações, enfim, que tentam concientizar o maior número de pessoas possível, sobre questões que envolvem acessibilidade. E tudo isso, não só em relação a cadeirantes... São compartilhamentos de idéias sobre adaptações para qualquer tipo de deficiência! Estou falando mais direcionadamente sobre o Vida Mais Livre. São um apoio para pessoas com deficiência, trazendo dicas, notícias, curiosidades e muito mais no mundo da acessibilidade. Particulamente amei o trabalho deles!
         Tomei conhecimento também de uma campanha voltada para o respeito à sinalização para cadeirantes , que é o Esta Vaga Não é Sua .  E o cara deixa claro, que todos se sintam à vontade para reproduzir e e espalhar os materiais da campanha! Viu algum elemento estacionando onde não deveria? Tira foto e taca na internet! E essa campanha é perfeita para isso, manda para lá!

         Enfim, estão dadas mais algumas dicas. Até outra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário