Páginas

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Perdoai! Eles não sabem o que fazem!

        Para quem não mora aqui e para onde a notícia muito provavelmente não chegou, Teresina está uma loucura por conta do aumento da tarifa dos transportes públicos, e assim, dos protestos. Muitas vezes penso que sou um tanto ingênua, inocente, mal enxergava a situação como estou vendo atualmente.
        
         Essa semana, por aqui na internet, estava vendo relatos e fotos de que tudo estava bem, era uma manifestação pacífica. No final das contas, vejo que nem era para ter acreditado em tal afirmação. Tudo parecia estar bem, até ver as últimas notícias informando que começaram a interditar vários (pelos quais tenho a sorte de não passar) pontos da cidade, e começou a entrar polícia na história, e por fim, virou caso de vandalismo: Começaram a queimar ônibus.

         Triste, e ainda tem gente que acha tudo muito normal, que não há nada de errado, que estão corretos-donos-da-razão-tchau-e-bênção em depredar propriedade pública. Tá vendo? Entendeu a força que isso tem??? Destroem algo que é deles e acham lindo! Melhor, não é que o ponto X da questão seja isso. O que importa realmente é que, quer seja propriedade pública, quer seja privada, qualquer tipo de depredação é CRIME!
  
          Não, eu não uso ônibus, mas não é por isso que eu deveria achar normal todo esse vandalismo! "Ah, mas crime é o roubo que eles fazem do nosso dinheiro". É? Então todos estão se igualando a eles.

           Para mim, tudo é simplesmente baseado em NOSSAS escolhas. Os "representantes" do nosso estado, quem elege? De quem é o voto? E o dinheiro das idenizações para os motoristas e funcionários que tanto usam como desculpa para dizer que é mais um roubo, de quem vocês acham que é?? É tudo nosso, nós que pagamos (Ok, eu ainda não, mas mais tarde, estarei incluída no imposto de renda,ué), sai do nosso bolso e todo mundo quer se ver livre de culpa.

         É, o aumento realmente foi feito sem fundamento. Mas receber violência e dar violência, é como lavar lama com estrume. Porque é uma violência ao nosso direito de liberdade esse aumento do preço das passagens, e mais violência ainda é a depredação causada por estudantes e trabalhadores aos patrimônios que são públicos.

         Se a lei for revogada com essa confusão toda rolando, só lamento, porque só darão razão aos vândalos.  Acabarão achando que com violência, as coisas se resolvem. Não estou a fim de ver a sociedade correr para este rumo. Não estou a fim de ver meu sobrinho crescer em um país, no meio de uma sociedade em que destruição, violência é normal, tampouco estou a fim de ver agressão se tornar algo normal, porque já basta ser comum.

         Mais: Essa coisa toda acabou ferindo a liberdade até de quem não tinha nada a ver. Fecharam avenidas, congestionaram trânsitos, e a polícia dando atenção ao manifesto e deixando o resto da cidade sem proteção, era para achar bonito? Com certeza teriam outras formas de reinvindicar os direitos, mas escolheram justo essa? Manifestação não é sinônimo de violência, ora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário