Páginas

terça-feira, 18 de abril de 2017

Lost in Translation

É algo que não tem descrição. Me afoga em ondas torrentes. É algo que não se pode verbalizar. É uma ânsia que me prende em Correntes de aço no fundo de mim. Vivo a me procurar em todos os Lugares do meu dicionário sem Muito sucesso. Talvez ao tentar me montar é que sinto peças faltando. Talvez ao experimentar o encontro Meus pólos se repelem. Sei lá, não sei. Meus componentes se desfazem em cores que eu não sei o que são. Talvez esteja perdido na tradução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário